11/11/2016 às 11h25min - Atualizada em 11/11/2016 às 11h25min

Deputada vê incoerência de Taques em nomear deputado para secretaria em MT

Enquanto senador, Taques apresentou proposta que barra nomeação de políticos com mandato no executivo

Folha Max
LEONARDO HEITOR

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) criticou em suas redes sociais a indicação do deputado estadual Wilson Santos (PSDB) para assumir a Secretaria de Estado de Cidades. Wilson foi confirmado ontem pelo governador Pedro Taques (PSDB) como substituto de Eduardo Chiletto, exonerado na última quarta-feira.

Em seu argumento, a parlamentar utiliza a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 21/2011, de autoria do atual governador de Mato Grosso durante o período em que ocupou uma cadeira no Senado da República. O texto da PEC busca incluir entre as vedações impostas a deputados e senadores a proibição de ocupar cargo de ministro de Estado; de governador de território; de secretário de Estado, do Distrito Federal, de território ou de prefeitura de capital; e de chefe de missão diplomática temporária. 

“E se eu apresentasse uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) enquanto parlamentar com todo um discurso de coibir abusos e práticas não condizentes com a moraldiade que deve reger a edificação das instituições públicas, porém, ao mudar de cargo e virar governadora, fizesse justamente o que a minha PEC tenta coibir, do que seria acusada? Bipolaridade? Falta de palavra ou caráter? De ser política de conveniência? Com a palavra o ex-senador e governador Pedro Taques, e a suposta intenção de nomeação do deputado Wilson Santos (PSDB) para comandar a Secretaria de Cidades no lugar de Eduardo Chilleto, exonerado ontem”, diz um trecho do post de Janaina Riva em sua página no Facebook.

Ela também questiona a justificativa usada pelo ex-senador e atual governador na PEC. “Na justificativa da proposta, ele reconhecia que a possibilidade de licença para assumir cargo no Executivo é constitucionalmente assegurada aos parlamentares, mas argumentava que a prática ocasiona "abusos e práticas não condizentes com a moralidade que deve reger a edificação das instituições públicas".... o que mudou de prá cá senhor governador?”, questiona.

janaina-facebook.jpg

janaina-facebook.jpg


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »