11/11/2016 às 12h55min - Atualizada em 11/11/2016 às 12h55min

Cabo Júlio chama deputada Maria do Rosário de "vaca" em sessão na ALMG

Ofensa foi feita por causa de uma suposta declaração da deputada federal (PT)

R7
Sessão plenária ocorreu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais Record Minas

O deputado estadual Cabo Júlio (PMDB) ofendeu a deputada federal Maria do Rosário (PT), do Rio Grande do Sul, em uma sessão plenária a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na última quarta-feira (9). Em seu discurso, ele chamou a parlamentar de “vaca” por causa de uma suposta declaração dela em uma rede social.

Durante a sessão, Cabo Júlio pediu a palavra para falar sobre o assalto a um motorista do Uber, que reagiu e matou três suspeitos, em São Paulo, no último dia cinco de novembro. A intenção dele era criticar a deputada federal, porque ela teria recriminado a ação do motorista, que também é policial militar.

Em seu discurso, o deputado leu a suposta postagem, que segundo ele, foi postada em uma rede social da parlamentar: "Hoje temos três famílias chorando em razão desse PM opressor. Caso ele não tivesse reagido, apenas uma família choraria. Assim o prejuízo seria melhor para a sociedade". Em seguida, ele a insulta: “Porque para falar uma bobeira dessas, era melhor essa vaca calar a boca”.

Segundo Maria do Rosário, a declaração que Cabo Júlio se refere era falsa e informou que aquilo fazia parte de uma montagem. A deputada federal diz que está indignada com as palavras ditas pelo parlamentar que, segundo ela, ferem a dignidade da mulher, e criticou a falta de responsabilidade em não checar os fatos. Na nota, ela informou ainda que vai processar o deputado e que defende a segurança pública e punição para qualquer criminoso.

Veja o vídeo do discurso do deputado estadual Cabo Júlio:

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »